Como cobrar alguém?

Ser flexível e estar aberto à negociação de formas de pagamento da dívida pode ser uma saída na hora de cobrar alguém. Confira a seguir mais dicas sobre o assunto!

como cobrar alguém

Em alguns momentos da vida nos deparamos com situações financeiras delicadas. Um dos principais motivos para esse cenário é o fato de que muitos brasileiros estão endividados. O mesmo pode acontecer com clientes do nosso negócio e até pessoas próximas.

No entanto, quando chega o momento de cobrar, a delicadeza se torna fundamental para preservar o bom relacionamento.

A seguir, confira algumas dicas sobre como cobrar alguém de maneira respeitosa e eficaz:

O que considerar na hora de cobrar alguém?

Quando chega o momento em que é necessário conversar com o seu cliente a respeito de valores em atraso, existem alguns pontos importantes a serem considerados, como o perfil da pessoa ou empresa e a sua situação financeira.

Ao invés de partir para uma cobrança muito direta ou agressiva, vale a pena pensar em uma melhor forma de falar sobre o assunto e apresentar propostas para sanar o problema para os dois lados.

Ser flexível e estar aberto à negociação e formas de pagamento da dívida pode ser uma saída. Por exemplo, aceitar parcelamento no boleto, ou cartão de crédito, se isto for possível para você. E se não for, é interessante mostrar que você entende pelo que o cliente está passando e que está disposto a fazer ajustes para que a dívida seja paga.

Qual canal utilizar para cobrança?

Outra questão importante é o meio de comunicação que utilizará e isto também depende de quem é o seu cliente e como vocês se comunicam.

Muitas vezes, o e-mail pode ser um canal mais formal para tratar um atraso de pagamento, mas é importante, neste caso, trabalhar o texto para que a mensagem de cobrança fique amigável.

Caso o cliente em questão já esteja acostumado a falar com você por WhatsApp ou telefone, pode ser interessante utilizar um destes canais para parecer mais informal e dar mais abertura para a conversa.

Lembre-se das regras descritas no artigo 71 do Código de Defesa do Consumidor, que trata deste tema:

“Utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, a ridículo ou interfira com seu trabalho, descanso ou lazer: pena detenção de três meses a um ano e multa.”

Ao fazer uma cobrança, sempre leve em conta a importância de manter este cliente na sua carteira, se for o melhor para a sua empresa.

Considere se o devedor é um consumidor que está com você há muito ou pouco tempo, se ele já esteve inadimplente antes ou é a primeira vez, se há chance de ter havido um simples esquecimento ou é provável que tenha sido uma questão de falta de recursos? Essas perguntas podem te ajudar na hora da cobrança.

Quais as maiores dicas para cobrar alguém?

1. Não use a palavra “dívida”

A gente sabe que não é fácil, mas evite ao máximo o uso de termos que possam constranger o consumidor. No lugar de “dívida”, você pode usar termos como “débito” ou “pendência”, por exemplo.

Lembre-se: existem muitas causas por trás de uma inadimplência. Fazer o consumidor se sentir culpado não irá ajudá-lo a resolver a situação mais rapidamente e ainda poderá estremecer o relacionamento dele com a sua empresa. 

2. Tente entender a motivação do atraso

É possível que seu cliente esteja passando por um período mais “apertado”. Se for o caso, flexibilizar o pagamento até ele poder quitar todo o valor devido pode ser a melhor saída para que, nos momentos mais “prósperos”, ele também se lembre da sua empresa e fique fiel à ela.

3. Pense em uma proposta de negociação ao abordar o cliente

Se mostrar aberto a negociação pode facilitar a comunicação com o cliente, fazendo com que ele pague a dívida e continue contratando seus serviços ou produtos. Mas também é importante levar em conta o quanto a sua empresa pode ceder. 

Por isso, olhe com calma para suas necessidades e proponha uma solução que atenda você e o cliente. Lembre-se também que negociar não significa dar desconto. Você também pode oferecer extensão de prazos ou parcelamento do valor para facilitar a vida do consumidor.

Você também pode se interessar por: Como cobrar um cheque?

4. Não leve a situação para o lado pessoal

Mostre que a sua empresa está disponível e interessada em conversar e negociar. Assim, a pessoa do outro lado também poderá entender que a sua cobrança não é uma forma de ofensa ou perseguição.

5. Adote scripts de cobrança

Para guiar sua equipe, pense em ter scripts de cobrança com mensagens padronizadas bem trabalhadas. Assim você melhora a comunicação com os clientes inadimplentes e seu time também se sentirá mais seguro na hora de estabelecer uma conversa deste tipo com os consumidores.

Cobrança através do protesto em cartório

Caso a dívida não seja quitada por meio de uma negociação inicial entre as partes, a empresa pode realizar o protesto do título vencido, provando publicamente o atraso do devedor e resguardando o direito do crédito.

Para isso, é preciso apresentar o título de crédito em um cartório de protesto no município onde o devedor está situado, ou na praça de pagamento indicada no título. O cartório  intimará o devedor a realizar o pagamento, estipulando um prazo para que o faça, geralmente 3 (três) dias úteis. Em até 2 (dois)  dias após o pagamento em cartório, o credor receberá o dinheiro em sua conta. 

Entretanto, se a dívida não for quitada, o título será protestado e o devedor terá seu nome negativado em cartório e nos principais órgãos de proteção ao crédito.

Saiba tudo sobre cobrança de títulos de crédito.

Prevenção de uma futura inadimplência

Para evitar futura inadimplência, analise o crédito do cliente, estabeleça contratos claros, monitore regularmente, implemente políticas de crédito rigorosas, atualize cadastros, mantenha comunicação eficiente, ofereça incentivos a pagamentos antecipados, monitore indicadores financeiros, considere seguros de crédito e esteja aberto a negociações flexíveis. Essas práticas ajudam a minimizar riscos e manter relacionamentos comerciais saudáveis.

Não tenha medo de cobrar 

Por fim, se você não tiver a iniciativa na cobrança de dívida, corre o risco de nunca receber e ainda colocar em risco o seu negócio.

Quer cobrar seu cliente com facilidade? Utilize a nova solução de cobrança da Protesto24h! Entraremos em contato com o devedor oferecendo a ele a oportunidade de quitar o débito. Você decide se encaminha para protesto ou não após a cobrança.

Ficou interessado? Entre em contato com um de nossos especialistas pelo WhatsApp clicando nesse link!

Quer saber mais informações sobre cobrança e o mundo financeiro? Acesse o nosso blog!

Gostou? Comente e compartilhe!

Ícone Facebook Ícone Twitter Ícone LinkedIn Ícone WhatsApp
Escrito por

Especialista em marketing, fã de Taylor Swift e apaixonada por boas histórias.

Deixe seu comentário

Talvez você goste também

mulher cuidando do fluxo de caixa da empresa
Ícone Relógio 13 min de leitura

Fluxo de caixa: 8 dicas para o seu negócio

Ler Mais
data de contas a pagar para evitar a inadimplência sindical
Ícone Relógio 4 min de leitura

Inadimplência sindical: conheça as principais causas e como reduzir

Ler Mais
aumentarlucratividade
Ícone Relógio 8 min de leitura

Como aumentar a lucratividade do meu negócio?

Ler Mais
Newsletter
↑